Sáb08192017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

José Nivaldo Cordeiro

José Nivaldo Cordeiro

José Nivaldo Cordeiro é economista e mestre em Administração de Empresas na FGV-SP. Cristão, liberal e democrata, acredita que o papel do Estado deve se cingir a garantia da ordem pública. Professa a idéia de que a liberdade, a riqueza e a prosperidade devem ser conquistadas mediante esforço pessoal, afastando coletivismos e a intervenção estatal nas vidas dos cidadãos.

Segunda, 28 Setembro 2015 13:18

O MILAGRE NA CRUCIFICAÇÃO

Ainda bem que os papas são passageiros e a Igreja, perene. Esse papa é uma vergonha e uma enganação. Um falso pastor. Cristo ressuscitou ao terceiro dia e reconstruiu o templo destruído. Foi o último sacrificado, por isso deu garantia à promessa de Salvação. A crucificação é o símbolo mais completo do cristianismo, a Cruz é o estandarte de todos os cristãos. Não é fracasso, é o triunfo da vida eterna.

Sexta, 11 Setembro 2015 14:14

O CÚMULO DA IRRESPONSABILIDADE

A decisão de Dilma Rousseff de remeter proposta orçamentária deficitária ao Congresso Nacional, em meio a grave crise econômica, reflete o descompromisso dela e do seu partido, o PT, com os destinos da nação.

Terça, 08 Setembro 2015 14:59

O RITUAL DE ELABORAÇÃO DO ORÇAMENTO

É claro que Dilma Rousseff só mandou essa proposta deficitária para ganhar tempo, pois, ao fim e ao cabo, terá que mandar cortar despesas, se não vier o aumento das receitas. É esse o ônus de governar. Nenhum governante tem cheque em branco nos tempos de hoje. Nem Dilma conseguirá tal proeza.

Quinta, 03 Setembro 2015 15:15

O QUE REVELA A PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA

Já vimos que a real distribuição de renda que essa política faz é transferir verbas milionárias dos impostos para os bolsos desses espertalhões, como vimos no mensalão e, agora, no petrolão. Todos enriqueceram no poder. O PT transformou o povo brasileiro em vaca leiteira, explorando todos os residentes no Brasil.

Terça, 01 Setembro 2015 10:33

A ILEGALIDADE DA PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA

Não há desculpa para o malfeito e nem para a ilegalidade praticada. O governo Dilma Rousseff não é sério. Se não for apeada logo do poder jogará o Brasil numa crise econômica de tamanho desconhecido, à desordem, ao caos. Inflação galopante e desvalorização do câmbio serão só o começo da tragédia, que será o seu fim político.

Quinta, 27 Agosto 2015 16:40

A CPMF E OUTROS MONSTROS

Depois veem dizer que a tal sociedade é que tem que escolher. Uma pinoia. A sociedade já escolheu tirar o PT do poder e chutar Joaquim Levy de volta ao seu patrão. Eles é que estão escolhendo o caminho do desastre, não a tal sociedade.

Sexta, 21 Agosto 2015 14:32

ESSA TAL SOCIEDADE

Dizer que é um regime misto que está vigente é dizer o óbvio, mas aí tem a palavra detestada a ser dita: há uma aristocracia que governa, parte dela temporária (cargos eletivos) e parte dela permanente, os funcionários públicos.

Terça, 18 Agosto 2015 13:39

AS FALHAS DE JOAQUIM LEVY

O Brasil está no pior dos mundos e o pior mesmo é que o governo está inerme. É claro que o ministro Joaquim Levy sabe qual é o caminho das pedras, mas está impedido de trilha-lo. Não tem apoio da presidente da República e não tem qualquer força política. Está como boi de presépio, enfeitando a Esplanada dos ministérios. Deixou de ser o garantidor da boa política econômica. Rendeu-se ao status quo petista.

Quinta, 13 Agosto 2015 15:12

A TERRA É NOSSO JARDIM

Uma conclusão se impõe: a Terra, a nossa Terra, é o local do Jardim do Éden criado por Deus. O criacionismo é a única maneira de dar racionalidade à vida. Entretanto, a física e sobretudo os físicos empregados nos programas espaciais desdenham da Bíblia e da Verdade Revelada. São materialistas convictos, do mesmo naipe de que foram os gregos que viveram antes da Revelação.

Quinta, 06 Agosto 2015 14:38

IMPEACHMENT EM BREVE

A mudança de poder, todavia, será apenas um ato inicial que permitirá o país caminhar no rumo certo, mas não isentará os brasileiros de sofrerem as agruras dos ajustes. É preciso reduzir o Estado e geri-lo melhor. É preciso restaurar a moralidade dos negócios do Estado. A união do PMDB com o PSDB poderá propiciar as condições para que isso aconteça.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.