Qui06222017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

Rodrigo Constantino

Rodrigo Constantino

Rodrigo Constantino é economista formado pela PUC-RJ, com MBA de Finanças pelo IBMEC. Trabalha desde 1997 no mercado financeiro, como analista de empresas e administrador de portfolio. É autor do livro "Prisioneiros da Liberdade", da editora Soler.

Segunda, 09 Fevereiro 2015 15:54

O EMPREENDEDOR ALERTA

A competição está presente sempre que não há impedimento arbitrário para novos entrantes. Enquanto os outros forem livres para oferecer oportunidades mais atrativas aos consumidores, ninguém está isento da necessidade de competir.

Para começo de conversa, vemos gente da classe média cometendo vários crimes também, inclusive tráfico de drogas. Faltaram oportunidades? Em segundo lugar, sabemos que a maioria opta pela correção, levando uma vida difícil, mas honesta. Aliviar para o lado dos que escolhem o crime é desprezar o valor desses outros.

Quinta, 29 Janeiro 2015 09:14

O QUE É RUIM SEMPRE PODE PIORAR

Se continuarmos assim, quando formos tão “livres” quanto a Venezuela a nossa esquerda ainda estará culpando o tal “neoliberalismo” por nossas desgraças, que certamente serão muito maiores…

Nada como o tempo para expor toda a hipocrisia dos hipócritas. E como há hipócritas neste mundo! Especialmente nas alas mais à esquerda do espectro político. Não se apegam a princípios, como liberais e conservadores, e sim aos interesses do momento. Estão sempre em uma “metamorfose ambulante”, pois mudam o discurso de acordo com a conveniência.

Todos viram o show da presidente Dilma, “consternada” e “indignada” com o traficante de cocaína fuzilado na Indonésia. Não vem ao caso, aqui, discutir a justiça ou injustiça da punição, o que já tentei fazer em outro lugar. Gostaria apenas de mostrar como o próprio PT aplaude fuzilamento, quando quem fuzila é um “camarada”.

Essa notícia é de julho de 2003, poucos meses de PT no poder, portanto. Vejam que interessante:

O embaixador brasileiro em Havana, Tilden Santiago, justificou ontem a decisão do governo cubano de fuzilar três seqüestradores de um barco, que chamou de terroristas. “O regime cubano tinha o direito de se defender da tentativa de desestabilização estimulada pelos Estados Unidos”, disse Santiago sobre a execução dos homens que seqüestraram um barco em abril para fugir para os Estados Unidos.

O embaixador comentou o fato ao anunciar a primeira viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à ilha, em setembro próximo. “Se Luiz Inácio Lula da Silva sofresse uma desestabilização semelhante, o governo brasileiro teria que tomar providências. Se também tentarem desestabilizar Lula, teremos que tomar nossas medidas”, disse Santiago, que lembrou que o representante americano em Cuba promovia reuniões periódicas para “alimentar a desestabilização e a oposição ao regime de Fidel Castro”.

“É preciso entender em que contexto as coisas aconteceram e Lula, que está consciente desta situação, viajará sabendo que hoje o Brasil é considerado por Cuba como o país que pode operar a integração latino-americana”, continuou. Santiago destacou ainda que o Brasil precisa atrair Cuba para “o mundo das nações que promovem e respeitam os direitos humanos”. O Brasil adotou uma postura pragmática ao abster-se de votar uma condenação de Cuba nas Nações Unidas, concluiu Santiago.

Ficamos assim, então: o PT defende o fuzilamento de quem combate uma ditadura cruel e assassina e tenta fugir para a Flórida, mas fica “consternado” e “indignado” quando um traficante de drogas é morto. São os “valores” dessa corja há 12 anos no poder…

PS: Vejam, também, o assassino Che Guevara, ídolo dos acéfalos, declarando com orgulho que fuzilavam mesmo em Cuba. E não se esqueçam: essa coisa de processo legal é para a pequena-burguesia. Em Cuba, era “julgamento” sumário, incluindo mulheres grávidas na lista dos “terroristas contrarrevolucionários”:

Como ter respeito por quem respeita o PT?

 

 

 

Não pretendo fazer acusações levianas, mas levantar pontos para reflexão. Como agravante das evidentes suspeitas que recaem sobre os ombros da governante bolivariana, há o “detalhe” de que o corpo do promotor foi encontrado horas antes de seu comparecimento agendado para o Congresso, justamente para detalhar a denúncia contra o governo e a presidente.

Segunda, 12 Janeiro 2015 10:18

O REBANHO BOVINO

Existe uma profunda diferença entre o indivíduo independente que busca seu conhecimento através da razão e do questionamento honesto e aquele que abdica desta ferramenta para aderir a um grupo que lhe fornece respostas prontas, liberando-o do exercício da reflexão.

Eu poderia jurar que o verdadeiro “chamado à violência” era tornar inimputável um galalau de 17 anos, completamente ciente do que é certo ou errado. Apostaria pesado que é a impunidade que fomenta o crime, não o pedido de punições mais severas.

Nos Estados Unidos, quando o governo entrega resultados tão ruins, costuma ser punido nas urnas. No Brasil, pasmem!, as urnas eletrônicas decidiram dar mais quatro anos de mandato ao atual governo, responsável por essa desgraça econômica. É idolatrar demais o fracasso…

Quinta, 18 Dezembro 2014 11:39

OS 126 FANTASMAS QUE ASSOMBRAM A ESQUERDA

Difícil discordar. Ninguém precisa aplaudir o regime militar – algo que eu jamais faria – para compreender que essa tentativa de se reescrever a história é nefasta. 

Esta quarta-feira foi o dia dos relatórios chapas-brancas. Primeiro, a Comissão Nacional da Verdade (CNV) divulgou um calhamaço de 4 mil páginas concluindo seus longos trabalhos, à custa do “contribuinte”, em tom de revanchismo e enaltecimento daqueles que lutavam contra o regime militar, esquecendo-se que lutavam por outra ditadura, muito pior.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.