Seg05292017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

Rodrigo Constantino

Rodrigo Constantino

Rodrigo Constantino é economista formado pela PUC-RJ, com MBA de Finanças pelo IBMEC. Trabalha desde 1997 no mercado financeiro, como analista de empresas e administrador de portfolio. É autor do livro "Prisioneiros da Liberdade", da editora Soler.

 

 

 

É um espanto! Mas é a típica mentalidade feminista, sinônimo de socialista. Atacar terroristas islâmicos não pega muito bem nesse mundo politicamente correto. Por isso é melhor atacar a “censura do mercado”, ou seja, a falta de desejo dos consumidores em ler histórias em quadrinhos repletas de mensagens políticas chatas, quando querem apenas boas histórias de heroísmo e, talvez, amor.

O câncer do Brasil são esses sindicatos poderosos. Acabar com o nefasto “imposto sindical” é uma necessidade urgente. Só assim essas entidades vão minguar, pois no dia em que dependerem da adesão voluntária dos trabalhadores, ficarão a ver navios. O trabalhador sabe muito bem que essa turma não o representa, e sim os interesses dos próprios sindicalistas e políticos de esquerda.

 

 

 

Potencial a gente sabe que o Brasil tem. Afinal, são tantos anos de incompetência, corrupção, ideologia equivocada, tudo criando uma gigantesca barreira ao empreendedorismo, que basta retirar alguns obstáculos para o bicho decolar. Mas a questão é essa: vão ser retirados os obstáculos?

A Petrobras registrou prejuízo de R$ 14,82 bilhões em 2016, em linha com o esperado pelo mercado. Foi o terceiro ano consecutivo de perdas. Em 2015, o resultado foi negativo em R$ 34,8 bilhões. Apesar disso, a estatal apresentou melhoras operacionais em razão da redução dos investimentos e do corte de despesas. 

 

 

 

Se continuar a emergir do pântano podres assim, é capaz até de Obama encontrar a tal certidão de nascimento e se mandar para a Quênia, em busca de “asilo político”…

Para se provar “independente”, para se mostrar “descolada” e “empoderada” (argh!), a mulher tem que praticamente se transmutar em homem, e um homem feio, descuidado, largado. Tem que virar um bicho esquisito, um ser estranho, meio andrógino. Vai entender! É muita loucura mesmo.

Terça, 31 Janeiro 2017 15:26

IMPRENSA PROGRESSISTA: O CÂNCER DO BRASIL

 

 

 

Não dá mais para suportar! É preciso declarar guerra a essa imprensa brasileira mesmo, em nome da verdade, da honestidade intelectual, das liberdades individuais, dos valores tradicionais. O que os principais veículos de comunicação têm feito em relação ao presidente Donald Trump é asqueroso demais.

 

 

 

Bem, pelo menos esse caso terminou bem, com os marginais mortos no confronto com a polícia, como deve ser. E parabéns ao jornal, que chamou as coisas pelo nome. Está vendo só, Frias, como não dói nada? Vê se a partir de agora obriga a rapaziada a chamar bandido de bandido e marginal de marginal, ok?

A PEC do teto, nesse sentido, é só uma premiere, uma palhinha para dar o gostinho liberal da coisa. Já foi o suficiente para colocar a esquerda em polvorosa, pois esta não suporta a ideia de perder tetas estatais, mamatas no governo. É preciso seguir adiante com as reformas, principalmente as mais estruturais.

Rio de Janeiro, capital nacional da esquerda caviar, terra da malandragem por excelência, ícone do jeitinho brasileiro. Deu nisso! Há malandro demais para otário de menos, e o resultado é o caos.

Pagina 1 de 44
  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.