Qui02272020

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

Mario de Oliveira Seixas

Mario de Oliveira Seixas

Mario de Oliveira Seixas é General-de-Brigada, na reserva do Exército brasileiro. Realizou todos os cursos militares, nos níveis de graduação, mestrado e doutorado, assim como o Curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, o de mais elevado nível da carreira. É engenheiro de telecomunicações formado pelo Instituto Militar de Engenharia. No exterior, cursou o British Army Staff College (curso de Comando e Estado-Maior do Exército Britânico) e a Defence School of Language (curso da língua inglesa). Na PUC-Rio, especializou-se em Educação à Distância. Na FAAP, em São Paulo, realizou o Curso de MBA em Excelência Gerencial, com Ênfase na Gestão Pública. De 2005 à 2009 foi o Secretário Municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública da Cidade de Campinas - SP.

Terça, 25 Fevereiro 2020 20:00

CID, O D. QUIXOTE DE SOBRAL

Infelizmente, para o D. Quixote de Sobral, as coisas não evoluíram como planejara e ele findou por se tornar personagem dos mais constrangedores vídeos de deboches nas redes sociais.

Sábado, 22 Fevereiro 2020 18:47

MILITARES NO GOVERNO

Com essas considerações anteriores se buscou deixar patente que não fazem nenhum sentido as considerações de alguns setores políticos e de parte da imprensa de questionar o que está sendo batizado como “militarização dos espaços do poder executivo”.

Segunda, 03 Fevereiro 2020 00:15

EM BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSCA

 

 

 

A sabedoria popular cunha expressões que, invariavelmente, registram propostas de comportamento, que, adotadas, com certeza contribuirão de forma positiva, para que aqueles que as aceitam e as aplicam experimentem equilíbrio, sensatez, serenidade, na relação com seus semelhantes.

Domingo, 29 Dezembro 2019 11:56

AINDA SOBRE MILITÂNCIA POLÍTICA

 

 

 

Se essas considerações são importantes para qualquer organização, ficam extremamente mais importantes quando se trata de órgão público, uma vez que esses órgãos e seus profissionais são sustentados pela população a qual devem prestar serviços.

Quinta, 19 Dezembro 2019 15:20

MILITÂNCIA POLÍTICA NA OAB

 

 

 

A imprensa noticiou e as redes sociais repercutiram o fato de que o Presidente da OAB estaria sendo acusado de utilizar seu cargo para fazer “militância política”.

Quinta, 21 Novembro 2019 15:07

QUANTO MAIS ALTO, MAIOR O TOMBO

Se não por outra razão mais nobre, mais ética, os senhores que hoje ocupam os espaços mais nobres no legislativo e no judiciário, responsáveis maiores pela postura de absoluto desrespeito às necessidades e aspirações do povo brasileiro, talvez devessem se dar conta do quanto têm a perder.

 

 

 

Certamente, a veiculação de anúncios e propagandas de seus clientes ou notícias que tendam a influenciar o interesse dos integrantes da coletividade que acessa os veículos daquela empresa.

Quarta, 30 Outubro 2019 11:26

NÃO SOUBEMOS APRENDER COM OS ERROS ALHEIOS

 

 

 

Parece que faz parte do perfil do brasileiro a busca de meias soluções para os seus problemas. Tudo parece se passar como se a vontade coletiva fosse, para usar uma expressão popular, “empurrar com a barriga” o enfrentamento real dos problemas a serem superados, numa vã esperança de que o tempo se encarregaria de achar a solução desejada, sem que se tivesse que passar pelas dificuldades que decorreriam de se encarar de frente o problema existente.

Sexta, 15 Fevereiro 2019 18:11

SEGURANÇA PÚBLICA - PARTE 18 - CONCLUSÃO

 

 

 

A conclusão proposta é de que o Estado deverá estar se valendo de seu poder, para atuar na proteção do indivíduo diante de seus predadores naturais, seus semelhantes.

Quinta, 24 Janeiro 2019 16:40

SEGURANÇA PÚBLICA - PARTE 17 - SÍNTESE

 

 

 

Assim sendo, parece apropriado que se procure fazer uma síntese do que já se discutiu, de forma a possibilitar ao leitor que se interesse em tomar conhecimento do que já se propôs, poder fazê-lo, sem, necessariamente, precisar compulsar todos os artigos anteriores.

Pagina 1 de 6
  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.