Seg05292017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

Itens filtrados por data: Abril 2017

Quanto mais uma palavra é evocada, mais o objeto a qual ela se refere encontra-se morto ou, no mínimo, inexistente no horizonte moral daquele que a utiliza.

Publicado em Artigos

 

 

Quando o presidente Temer assinou o decreto de Garantia da Lei e da Ordem, ele nada mais fez do que seguir a Constituição.

Publicado em Artigos

O FIM DOS MEIOS

26 Maio 2017

 

 

 

Ou o País põe fim aos meios que nos levaram a este estado de coisas, ou continuará sem meios para chegar a qualquer fim.

Publicado em Artigos

O CASTELO DA CLT

23 Maio 2017

As leis que compõem a CLT formam uma frondosa construção de direitos falsos que enrijecem o mercado de trabalho, assim como a legislação da Previdência Social.

Publicado em Artigos

O texto que segue contém observações avulsas sobre os acontecimentos desencadeados pelo encontro entre Michel Temer e Joesley Batista. Creio que sintetizam boa parte das inquietações nacionais.

Publicado em Artigos

A delação do empresário da JBS é escandalosa, e não apenas pelos crimes relatados. As histórias que a cercam são de enorme gravidade, indicando, no mínimo, o pouco cuidado com que se tratou um material com enorme potencial explosivo para o País.

Publicado em Artigos

 

 

Poder-se-ia dizer que o legislador, ao definir no estamento legal, responsabilidade por esse ou aquele setor do Poder Público está motivado pela divisão de poder e de recursos financeiros, com todas as distorções que, imediatamente, vêm à mente?

Publicado em Artigos

ADEUS, LULA

17 Maio 2017

 

 

 

Na Presidência, ele adotou como lema ter como princípio não ter princípio, repetindo o método de dirigente sindical.

Publicado em Artigos

UMA RUÍNA MORAL

17 Maio 2017

 

 

 

A patética inquirição levada a cabo em Curitiba pode ser parodiada com apenas uma frase: "Doutor, vou lhe confessar. Eu não sou eu. Eu sou um amigo meu, que, se conheço, não lembro".

Publicado em Artigos

 

 

 

É um espanto! Mas é a típica mentalidade feminista, sinônimo de socialista. Atacar terroristas islâmicos não pega muito bem nesse mundo politicamente correto. Por isso é melhor atacar a “censura do mercado”, ou seja, a falta de desejo dos consumidores em ler histórias em quadrinhos repletas de mensagens políticas chatas, quando querem apenas boas histórias de heroísmo e, talvez, amor.

Publicado em Artigos

Pagina 1 de 2

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.