Sáb09232017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

Artigos

Artigos (4611)

30 Mai 2004
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Lula jamais acerta o prego, bate todas na ferradura e se converteu no inesgotável filão de chargistas e humoristas.

30 Mai 2004
by  - 
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Alguns brasileiros, felizmente, começaram uma mobilização no intuito de alertar seus pares sobre a fúria tributária do Estado e porque devemos freá-la.

30 Mai 2004
by  - 
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Não é o pessimismo nem, tampouco, qualquer teoria econômica liberal que nos levam a afirmar isto. É a inexorável verdade, enjoada, mas irrefutável, da aritmética contábil.

29 Mai 2004
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Parece que o governo Lulas sempre que tenta dar um passo à frente acaba dando dez para trás.

29 Mai 2004
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Consentir com a suspensão do referido processo em um momento em que a sociedade brasileira atravessa um dos mais críticos períodos de sua história no que tange a segurança pública, soa suavemente sem propósito.

28 Mai 2004
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

O caso é que a sua proposta de “rachide” para as vítimas chamadas de contribuintes não carrega nenhum critério de justiça, muito pelo contrário. É a pura lógica do publicano.

28 Mai 2004
by  - 
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Falta bom senso quando se impingem leis que não têm como ser universalmente cumpridas e falta autoridade quando se faz vista grossa para o avanço avassalador da ilegalidade.

27 Mai 2004
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Olavo de Carvalho analisa as nuances da Guerra Assimétrica, um conceito que explica porque terroristas podem agir livremente, enquanto seus adversários são transformados em "monstros" pela mídia.

26 Mai 2004
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Por mais discursos progressistas (quero dizer, irresponsáveis) que os políticos façam para se eleger, uma vez no poder não lhes restará outra alternativa que não se pautar dentro dos limites da racionalidade.

24 Mai 2004
Publicado em Artigos
Avalie este item
(0 votos)

Em última instância, será uma pitadinha a mais ou a menos de liberdade aqui, ou de igualdade acolá, que irá conformar essa ou aquela solução. Caberia perguntar: e a fraternidade?

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.