Ter07142020

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

Luiz Eduardo Rocha Paiva

Luiz Eduardo Rocha Paiva

O General de Brigada Luiz Eduardo Rocha Paiva nasceu na cidade de Niterói (RJ) em 07 de setembro de 1951.

Foi graduado Oficial da Arma de Infantaria em 1973, na Academia Militar das Agulhas Negras e passou à reserva remunerada em 2007, com mais de 40 anos de serviço ativo.

Possui cursos dos níveis de graduação, mestrado e doutorado na área de Ciências Militares, respectivamente, na Academia Militar das Agulhas Negras, Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais e Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

Pós-Graduação MBA Executivo do Exército Brasileiro – Especialização – na Fundação Getulio Vargas – RJ.

Foi instrutor na Academia Militar das Agulhas Negras, na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais e na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

Em 1985, estagiou na 101ª Divisão de Assalto Aéreo do Exército dos EUA, onde fez o Curso de Assalto Aéreo.

Em 1992/1993, foi Observador Militar das Nações Unidas, na missão de paz em El Salvador – América Central.

Em 1994/1995 fez o Curso de Altos Estudos Militares da Escola Superior de Guerra do Exército Argentino.

Em 1998/1999, foi comandante do 5º Batalhão de Infantaria Leve em Lorena – SP, unidade da Força de Ação Rápida do Exército. Na oportunidade, comandou missão de pacificação no sul do Pará em conflito entre o MST e fazendeiros locais.

Como oficial-general foi gerente do Programa Excelência Gerencial do Exército, Comandou a Escola de Comando e Estado-Maior e foi Secretário-Geral do Exército.

Recebeu dezessete condecorações nacionais e seis estrangeiras.

É professor emérito da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil, Diretor Da Área de Geopolítica e Conflitos do Instituto Sagres, em Brasília, e Conselheiro da Comissão de Anistia do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, cargo não remunerado.

É palestrante e escreve artigos sobre geopolítica, estratégia, liderança, política nacional e a Força Expedicionária Brasileira, publicados em livros, jornais e revistas nacionais e estrangeiras. 

É casado com a Sra. Nadia Maria Rocha de Lima Paiva, há 45 anos, com quem tem dois filhos: Rodrigo de Lima Paiva - Ten Cel de Infantaria - e Fabio de Lima Paiva - Analista Sênior do Banco do Brasil - e quatro netos. 

 O Brasil vive um momento de risco para a legalidade, a legitimidade e a estabilidade.

NOBRE SEM TÍTULO, BRIGADEIRO ANTÔNIO DE SAMPAIO - PATRONO DA ARMA DE INFANTARIA

Quinta, 07 Maio 2020 21:48

EGOLATRIA NOCIVA

Quem tem certeza da própria autoridade moral não precisa decidir com ameaças provocativas e inúteis.

 

Artigo do falecido jornalista Carlos Chagas (1937-2017) escrito há cerca de 20 anos.

São comentadas ameaças ainda atuais e o autor aponta o desserviço de FHC e Collor de Mello aos interesses vitais de soberania e exploração autônoma do patrimônio nacional.

O cidadão consciente não se atrela, cegamente, a líderes, partidos, grupos ou ideologias, mas sim a princípios, crenças e ideais revestidos de nobreza e dignidade.

Nos anos 1960, a Guerra Fria agitava o mundo com os EUA e a URSS em disputa pela hegemonia global

As formas de tomada do poder, embora possam ser mescladas, enfatizam ora a revolução violenta, ora a via pacífica.

Segunda, 23 Março 2020 10:51

O LEGADO MORAL DE CAXIAS

“Aceito o convite, a minha espada não tem partido” (Caxias, ao ser convidado para comandante-em-chefe na Guerra do Paraguai).

Por tudo isso, a denúncia do MPF, relativa ao caso Herzog, é vazia de fundamentos, devendo ser reiterado o que consta do final do extrato da matéria de Dimitrius Dantas: poucos juízes concordam com a argumentação do MPF e deixam de receber as ações com base na Lei da Anistia. 

Quinta, 06 Junho 2019 16:33

A NAÇÃO DE UM AVISO

Se manifestações nas ruas não forem suficientes, Gandhi nos ensinou que outras formas de pressão SEM VIOLENCIA têm relevantes resultados. Bastaria reformula-las e adapta-las à nossa moda e ao nosso contexto.

Pagina 1 de 2
  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.