Dom09262021

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

02 Dez 2020

SOCIALISMO + LOCKDOWN = RECESSÃO + RECORDE DE MORTES

Escrito por 

Num momento em que governadores brasileiros querem baixar decretos com novas restrições ao comércio, voltando a flertar com o lockdown, seria propício observar o que se passa na Argentina.

 

"Reportagem da revista Oeste mostra que a Argentina, segundo estimativas da OCDE, terá uma queda recorde do PIB este ano, o pior resultado do G20:

A Argentina governada pelos peronistas Alberto Fernández e Cristina Kirchner perderá neste ano 12,9% do Produto Interno Bruno, mais que qualquer economia do G20. É o que informou, na terça-feira 1°, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). O país já vinha sofrendo com dois anos de recessão, dívida externa em moratória e inflação disparada. A crise começa nas gestões Kirchner e se agrava durante o mandato do ex-presidente Maurício Macri (2015-2019).

O jeito que a dupla Fernández-Kirchner lidou com o vírus chinês acentuou as dificuldades financeiras do país. As medidas sanitárias tomadas pela Casa Rosada fecharam o círculo de um 2020 tenebroso, pior inclusive que o 2002 da crise do corralito, quando a atividade econômica argentina afundou 10,9%. Além disso, a recuperação não será tão rápida como nos demais países incluídos na análise da OCDE: a Argentina crescerá 3,7% em 2021 e 4,6% em 2022, ficando a quase cinco pontos do nível prévio à crise.

Não é por acaso que nossos jornalistas esqueceram da existência do nosso país vizinho. Somente quando Maradona faleceu voltaram a falar da Argentina, aproveitando para lembrar que o craque defendia justamente esses governantes socialistas, mas sem fazer o elo com a desgraça em todos os países por onde passaram.

Num momento em que governadores brasileiros querem baixar decretos com novas restrições ao comércio, voltando a flertar com o lockdown, seria propício observar o que se passa na Argentina. Afinal, o caso argentino é a prova cabal do fracasso dessa medida drástica. E é exatamente por essa razão que nossa imprensa apagou a Argentina do mapa, finge que o país nem existe.

Estamos diante de uma equação básica, elementar: socialismo + lockdown = recessão + recorde de mortes. As "soluções" esquerdistas são fantásticas no papel; elas só têm um "pequeno" problema: nunca funcionam na prática!"

Rodrigo Constantino

Rodrigo Constantino é economista formado pela PUC-RJ, com MBA de Finanças pelo IBMEC. Trabalha desde 1997 no mercado financeiro, como analista de empresas e administrador de portfolio. É autor do livro "Prisioneiros da Liberdade", da editora Soler.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.