Qua08122020

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

18 Jul 2020

A MULHER DE QUEIROZ

Escrito por 

Praticamente nenhuma das vitórias do governo Bolsonaro fez parte do noticiário da "mídia" em geral.

 

No último dia 01 de Julho de 2020, o governo Jair Bolsonaro completou 18 meses a frente dos destinos do Brasil.

Este seria, por certo, um ótimo momento para celebrar os bons feitos da atual administração federal.

Naturalmente que após 18 meses de governo, ainda existem MUITOS problemas sociais, políticos, econômicos, entre outros, que precisam do olhar atento do presidente Bolsonaro e sua equipe.

E não estou aqui APENAS para soltar rojões pelos acertos do governo federal nestes primeiros 18 meses. Sim, erros foram cometidos. E como dito, assuntos primordiais ao país ainda persistem. Jair Bolsonaro e seu ministério não são oráculos da verdade, muito menos alquimistas a transformar o país em um paraíso na Terra, em um ano e meio. Claro que não!!!

Mas verdade seja dita, vitórias foram conquistadas, sim.

Senão vejamos:

1. Reforma da Previdência;
2. Décimo-terceiro salário do Bolsa-Família;
3. Nas relações internacionais, reaproximação com EUA e Israel;
4. Acordo do Mercosul com União Européia
5. MP do pente-fino no INSS, gerando economia de 10 bilhões por ano;
6. Descentralização do poder união, com maiores recursos financeiros aos Estados e municípios;
7. Redução do número de invasões de terras, 43 em 2018 e uma em 2019;
8. Combate ao uso irregular da lei Rouanet;
9. Redução de 29 para 22 ministérios;
10. MP que altera a cobrança da taxa sindical, deixando-a de ser obrigatória;
11. 36 obras entregues em 2020, a saber:
      11.1. Rodovias = 126 km de rodovias duplicadas, 88 km de rodovias pavimentadas e 110 km de rodovias restauradas;
      11.2. Ferrovias = renovação da malha paulista, 10 mil empregos gerados e 6 bilhões de reais em investimentos;
      11.3. Portos = Ampliação do terminal de Salvador, inauguração da instalação portuária de Parintins
      11.4. Aeroportos = Reforma da pista e pátio em Uberaba, reforma e ampliação em Foz do Iguaçu.
12. Conclusão da transposição do rio São Francisco, beneficiando 12 milhões de brasileiros que vivem no Nordeste

E a lista ainda poderia crescer!!!

Como dito, boas novas, ainda que problemas outros persistam. Mas são boas novas. Cada passo de uma vez. Aliás, antes de correr, andar. Antes de andar, engatinhar.........Cada novidade de per si........

Certo?

Não. Nem tanto.

Praticamente nenhuma das vitórias do governo Bolsonaro fizeram parte do noticiário da "mídia" em geral. Nenhuma palavra. Um silêncio ensurdecedor. Mas não surpreendente.

É público e notório que, de modo geral, sem generalizações, há um claro viés ideológico nas editoriais do jornalismo brasileiro. Viés esquerdistas, naturalmente. São os órfãos do "politicamente correto".

Mas esta não é a questão central destas linhas. Mas sim, a MULHER DO QUEIROZ!!!

O que "interessa " a pobre imprensa brasileira, de um modo geral, é fazer SOMENTE uma campanha sórdida de depreciação do atual governo federal. E mais nada.

Como este atual governo vem se pautando, fundamentalmente, pela condução ética de suas atividades, as chamadas "denúncias" de corrupção sumiram. Nada. Zero. Uma pena né Globo, Veja, UOL, G1, Antagonista et caterva...................

Então resta o que? Falar mal do vizinho.

Assim, "importa" a imprensa os palavrões do presidente Bolsonaro!!! A mãe e a avó da primeira dama Michelle Bolsonaro!!! Sim, a mãe do presidente!!!...................chega!!! Haja estômago.

Mas agora, atualmente, a grande preocupação da imprensa tupiniquim é a MULHER DO QUEIROZ.

Aí sim. Eis um problema de lesa pátria!!! Se for presa, nossos problemas estarão resolvidos. E poderemos dormir em paz.

Oras, se o senador Flávio Bolsonaro, quando deputado estadual, e seu então assessor Fabrício Queiroz cometeram ilícitos na Alerj, quando Flavio exercia o seu mandato (a tal "rachadinha"), que se apurem os fatos pela autoridade competente e se façam os julgamentos necessários. Sempre nos limites da lei. E pronto!

Mas não. Virou um carnaval. Me descupem, uma palhaçada midiática. Quando da prisão do Queiroz, um desavisado poderia pensar que se tratava de um super, mega, ultra, blaster terrorista internacional, que deixaria o Estado Islâmico no chinelo. Mas não. Era o Queiroz. E a denuncia de movimentação de cerca de 1 milhão de reais, irregularmente. Que se apure. Assim como do atual presidente da Alerj, um petralha, André Ceciliano, sobre quem recai denuncia de "rachadinha" em torno de 50 milhões. Que se apure.

Então, agora urge prender a MULHER DO QUEIROZ.

Este é o grande assunto dos jornais. Obras entregues. Que nada. O negócio é a MULHER DO QUEIROZ!!!

Última modificação em Sábado, 18 Julho 2020 18:46
Alexandre Seixas

O Prof. Alexandre M. Seixas é formado em Direito pela PUC de Campinas, tendo realizado o curso de Aperfeiçoamento em Ciências Sociais, e Mestrado em Ciência Política na Unicamp. Realizou ainda os cursos de inglês, na Surrey Heath Adult Education Center, em Camberley, Inglaterra. É professor universitário com vinculação em Teoria Geral do Estado e Ciência Política.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.