Qua12122018

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

20 Jun 2018

BRASIL E ROMÊNIA: A LUTA ANTI-CORRUPÇÃO

Escrito por 

E lá como aqui, o sistema judiciário deles se comporta como o nosso STF atrasando e criando estratagemas para aliviar a barra dos presos.

 

(Acima, Laura Codruța Kovesi, "o Moro de saias romeno". Divulguem o nome dessa heroína. Fonte: Romania anti-corruption chief hits out at critics ft.com via @financialtimes)
 

Um amigo romeno me enviou esta matéria do NYT que mostra a luta anti-corrupção no país. Lá, eles têm um promotor que trabalha nacionalmente só com isto, que já foi responsável por centenas de processos e prisões, Laura Codruța Kovesi. E eis que o vice-presidente da Câmara dos Deputados Romena, Presidente do Partido Social-Democrata (PSD – Partidul Social Democrat) Liviu Dragnea acusado de desviar milhões de fundos de pensão passou a acusar quem o acusa de formar um “Estado Paralelo”, com táticas semelhantes as do Comunismo Romeno. Balela! Estão se borrando de medo da justiça e fazem parte de um esquema que, de modo similar ao Brasil não sabe o que fazer para sobreviver. Veja o que diz a matéria do NYT:

“(…) about 1,200 people have been indicted on corruption charges, and 1,000 convicted. Among those charged have been 14 government ministers, 39 deputy ministers, 14 senators and one member of the European Parliament. The office has secured 27 convictions in those cases, with most of the rest still pending.”

90% de eficiência no trabalho da promotora, i.e., na captura dos corruptos.

Agora vem a parte mais engraçada: adivinha qual é a retórica dos apoiadores do tradicionalismo corrupto? “Forças ocultas, George Soros, interesses externos” e todo tipo de baboseira que vocês imaginam. Sempre a mesma coisa, né? Incrível como este Soros serve para qualquer coisa, para justifica qualquer acinte contra o Estado de Direito bastando citá-lo para se fazer de santo, se dizer perseguido. Ah! Vira o disco!

E lá como aqui, o sistema judiciário deles se comporta como o nosso STF atrasando e criando estratagemas para aliviar a barra dos presos.

Em diferentes países, os problemas são similares quando não os mesmos e os discursos têm posições e dados diferentes, mas com uma mesma lógica persecutória. Se aqui o tal Soros e a bobagem do Globalismo serve para justificar ações do governo, na Romênia serve para acusar quem é contra o governo. Ao fim das contas, as pessoas prestam menos atenção em problemas reais, no lado empírico dos fenômenos sociais como a corrupção e se perdem em ideologices.

Mr. Dragnea’s party, emboldened by the failure of European Union officials to curb threats to the rule of law in Poland and Hungary, has cast his battle as one against enemies both foreign and domestic.

Cf. Claiming ‘Parallel State’ Cabal, Romania’s Leaders Target Anti-Corruption Prosecutor

Anselmo Heidrich

Professor de Geografia no Ensino Médio e Pré-Vestibular em S. Paulo. Formado pela UFRGS em 1987.

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.