Seg10232017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

23 Dez 2016

MENSAGEM DE NATAL - 2016

Escrito por 

 

 

Desejo àqueles que me acompanham durante o ano um Feliz Natal na Esperança sempre renovada nas promessas do Cristo. Que o Ano Novo seja o portador dos ventos da prosperidade e da paz social. Que a Paz do Cristo esteja com todos nós, nesse mundo conturbado e violento em que vivemos, nesses tempos de grandes perigos.

 

Teremos, enquanto coletividade, um Natal mais pobre em 2016, mas certamente não teremos um Natal menos feliz, mesmo que saibamos que muitos milhões de desempregado “pularão” a ceia e os presentes não serão ofertados em muitas famílias por absoluta penúria, vítimas dos nossos maus governantes. O Natal, todavia, está além da ceia e dos presentes. É no lembrar da pobre manjedoura onde o Menino nasceu que recordaremos a desimportância das coisas materiais. O Natal da grave crise é ainda uma data feliz – uma Noite Feliz – porque a celebração é da alegria pelo Advento, do próprio Deus feito homem na forma de um Menino para a salvação de todos.

O ano que se encerra foi muito duro. Os sofrimentos se multiplicaram nos últimos meses, mas, com eles, a Esperança foi renovada, e o Natal é a expressão simbólica dessa renovação. Não há mal que sempre dure, nem o mal político, porque o amor divino está sempre generosamente renovado e a mão de Deus está sempre a nos proteger do mal. O Menino simboliza essa mensagem, a de que na Esperança é possível esperar a primavera mesmo na noite mais escura. Noite Feliz...

Desejo àqueles que me acompanham durante o ano um Feliz Natal na Esperança sempre renovada nas promessas do Cristo. Que o Ano Novo seja o portador dos ventos da prosperidade e da paz social. Que a Paz do Cristo esteja com todos nós, nesse mundo conturbado e violento em que vivemos, nesses tempos de grandes perigos.

Um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo são os meus votos a todos.

 

 

 

José Nivaldo Cordeiro

José Nivaldo Cordeiro é economista e mestre em Administração de Empresas na FGV-SP. Cristão, liberal e democrata, acredita que o papel do Estado deve se cingir a garantia da ordem pública. Professa a idéia de que a liberdade, a riqueza e a prosperidade devem ser conquistadas mediante esforço pessoal, afastando coletivismos e a intervenção estatal nas vidas dos cidadãos.

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.