Qui11232017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

21 Nov 2016

A MORTE DE 4 POLICIAIS EM HELICOPTERO ABATIDO POR TRAFICANTES E A MORTE DO JORNALISMO DO GLOBO

Escrito por 

 

 

 

O povo está do lado da polícia, não dos bandidos. E vibra quando esses marginais morrem e são presos, enquanto chora quando os policiais heróis são assassinados por delinquentes, que não são “vítimas da sociedade” coisa alguma, mas monstros por escolha própria.

 

No início da noite deste sábado, após um dia de terror na Linha Amarela, um helicóptero do Grupamento Aeromóvel (GAM) da Polícia Militar caiu — ou foi derrubado —, por volta das 19h30m, na Avenida Ayrton Senna, em Jacarepaguá, no acesso à via expressa. Quatro policiais militares que estavam na aeronave morreram. Durante o dia, confrontos entre traficantes e milicianos que disputam o controle da região já tinham provocado a interdição da via duas vezes. As primeiras informações que chegaram e foram replicadas pelas redes sociais eram sobre um possível ataque de bandidos ao helicóptero usado no apoio às operações policiais. O último caso semelhante ocorreu no Engenho Novo, em 2009, durante uma guerra entre facções.

A reportagem do GLOBO ainda insiste na possibilidade de queda do nada, em vez de abatimento pelos traficantes, que atiravam no helicóptero da PM. Morreram os 4 policiais, os 4 heróis que combatiam os marginais. Mas as Organizações Globo estão tão dominadas pela mentalidade esquerdista, pelo “psolismo”, que o automático já é considerar que armas matam e helicópteros caem do nada, só para preservar os assassinos.

Nem todo o jornalismo brasileiro está tão eivado de ideologia esquerdista, como podemos ver nessas chamadas bem distintas, que estão circulando pelas redes sociais:

blog

O grupo GLOBO deveria fazer uma reflexão urgente do que está acontecendo com seu “jornalismo”. A decadência moral é evidente. Se antes o grupo era acusado de “elitista” e “golpista” pela extrema-esquerda, agora ele apanha de todos os lados. Continua sendo rotulado pela extrema-esquerda, ingrata, que nunca vai abrir mão dessa estratégia não importa o quanto o veículo tente acenar aos socialistas, e sofre duras críticas da direita também, daqueles que estão cansados de ver tanta manipulação, tanto “progressismo” politicamente correto.

É uma pena que um dos maiores grupos de comunicação do país esteja escorregando tanto, cometendo tantos equívocos por conta de uma mentalidade ideológica. A “GNT People” parece ter tomado conta de vez da GLOBO mesmo. Mas essa turma só fala para seus pares de dentro da bolha. Aqui fora, no mundo real, esse tipo de discurso não cola. Simplesmente não cola.

O povo está do lado da polícia, não dos bandidos. E vibra quando esses marginais morrem e são presos, enquanto chora quando os policiais heróis são assassinados por delinquentes, que não são “vítimas da sociedade” coisa alguma, mas monstros por escolha própria.

Aproveito para perguntar: onde está a Fox News do Brasil?

 

 

 

Rodrigo Constantino

Rodrigo Constantino é economista formado pela PUC-RJ, com MBA de Finanças pelo IBMEC. Trabalha desde 1997 no mercado financeiro, como analista de empresas e administrador de portfolio. É autor do livro "Prisioneiros da Liberdade", da editora Soler.

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.