Sáb08242019

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

02 Set 2016

EI, PIMENTEL! NOMEIA RÁPIDO A DILMA SUA SECRETÁRIA DE FINANÇAS

Escrito por 

O que se assistiu, na sessão final do processo que visava votar o impedimento da, até então, Presidente afastada, é inominável, inacreditável, injustificável, indesculpável. Armada em conchavos inconfessáveis, com propósitos que desafiam nossa inteligência, mas que permitem que se imagine os mais sórdidos objetivos, promoveu literal desrespeito à Constituição Federal.

 

Meus amigos, a capacidade dos políticos brasileiros em surpreender negativamente o povo não tem limites. Mesmo quando, aparentemente, geram uma expectativa positiva e parecem desejar se redimir de todas as mazelas que permitiram ser criadas a partir de um sem número de iniciativas claramente orientadas por interesses pessoais e partidários, acabam se atolando na lama da iniquidade.

É uma carga atávica que se apossou de suas entranhas e que finda por aflorar sempre que agir corretamente, honestamente, eticamente, profissionalmente, de forma consentânea com seus compromissos como funcionários daqueles que os elegeram, possa prejudicar, por em risco, seus interesses pessoais.

O que se assistiu, na sessão final do processo que visava votar o impedimento da, até então, Presidente afastada, é inominável, inacreditável, injustificável, indesculpável.

Armada em conchavos inconfessáveis, com propósitos que desafiam nossa inteligência, mas que permitem que se imagine os mais sórdidos objetivos, promoveu literal desrespeito à Constituição Federal.

As justificativas ridículas, desonestas, que foram arroladas, exteriorizam cinismo, deboche e, acima de tudo desrespeito à população brasileira no mais alto nível, porque, na verdade, deixam transparecer a consciência da imagem que fazem do povo.

É como se estivessem nos dizendo com todas as letras: nós podemos fazer o que quisermos, porque vocês, povo, são idiotas, ignorantes, amorfos e não reagirão a não ser, no máximo, em um primeiro momento e, assim mesmo, em pequenos setores da sociedade mais esclarecida e por muito pouco tempo.

A crise de piedade de que foi tomada a senadora Kátia Abreu e abraçada por uma dezena de seus companheiros, representa uma cusparada no rosto de milhões de brasileiros.

Sem qualquer pejo, a senadora, em entrevista a repórteres de uma emissora de televisão, ela informou que tomou essa iniciativa, quando em contato com a ré, se deu conta que, a partir do impedimento, ela ficaria com uma renda mensal, via INSS, de “somente” pouco mais de cinco mil reais. Isso numa sociedade em que mais de doze milhões de cidadãos estão desempregados e outros tanto milhões recebem salário mínimo de ridículos oitocentos e oitenta reais mensais.

Aí, então, pensei: já que é para debochar de toda a sociedade, já que é para deixar claro o desrespeito, a desconsideração pelo povo que os elegeu e os sustenta, porque não completar a obra.

Por isso, me apresso a sugerir ao Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel que, incontinenti, antes que um mais esperto tome a sua frente, se apresse em nomear a tal da Dilma “integrantA” de sua equipe de secretários.

Ora, ela é mineira, seu maior adversário político é Aécio Neves, também mineiro, a sua gestão à frente do governo mineiro está envolvida em inúmeras denúncias dos mais diversos tipos de crime, portanto, ambiente ideal para que nele se encaixe a referida cidadã.

Fantástico, não? Absolutamente consentâneo com a forma execrável de atuar politicamente de seu partido. Dificilmente, se conseguiria fazer alguma coisa mais nojenta.

Para finalizar, a cereja do bolo: por favor a nomeie Secretária Estadual de Finanças.

 

 

 

 

Mario de Oliveira Seixas

Mario de Oliveira Seixas é General-de-Brigada, na reserva do Exército brasileiro. Realizou todos os cursos militares, nos níveis de graduação, mestrado e doutorado, assim como o Curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, o de mais elevado nível da carreira. É engenheiro de telecomunicações formado pelo Instituto Militar de Engenharia. No exterior, cursou o British Army Staff College (curso de Comando e Estado-Maior do Exército Britânico) e a Defence School of Language (curso da língua inglesa). Na PUC-Rio, especializou-se em Educação à Distância. Na FAAP, em São Paulo, realizou o Curso de MBA em Excelência Gerencial, com Ênfase na Gestão Pública. De 2005 à 2009 foi o Secretário Municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública da Cidade de Campinas - SP.

Website.: www.rplib.com.br/

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.