Ter04252017

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

19 Jul 2016

O FIM DO PRINCÍPIO

Escrito por 

É possível que estejamos apenas esperando a solução final sobre o envolvimento de Lula e Dilma para colocar a cereja em cima do bolo e acabar com a operação, que na verdade continuará em outros lugares, com outros alvos e nomes, mas usando o triângulo que tão bem funcionou até agora – MP, PF e Judiciário.

 

“Isto não é o fim. Não é sequer o princípio do fim. Mas é, talvez, o fim do princípio.” Winston Churchill (1874 – 1965)

São cada vez mais frequentes as referências ao final da Operação Lava-Jato.

Uns atribuem o pretenso final a uma trama dos políticos que veem as investigações chegando cada vez mais próximas de seu nome. Outros, a certa manobra maquiavélica de cabeças coroadas para evitar novos desdobramentos, envolvendo outras estatais e fundos de pensão das mesmas, ou o BNDES, ou repasses para “movimentos sociais” esquivos e quase fantasmas, abastecidos no caixa do Tesouro, que o governo do PT julgava inesgotável.

É verdade que a Lava-Jato vai acabar mais cedo ou mais tarde. No entanto, seu exemplo aí está e renderá frutos, como já acontece com relação à Eletrobrás, às obras da Copa e da Olimpíada, ao mensalão tucano, ao governo petista de Minas Gerais e a outros golpes e falcatruas envolvendo políticos e empresários financiados pela bolsa da viúva.

Consta que as últimas delações sobre os desvios na Petrobras já não têm apresentado grandes novidades. Assim, a Lava-Jato deverá ser encerrada em tempo relativamente breve.

É possível que estejamos apenas esperando a solução final sobre o envolvimento de Lula e Dilma para colocar a cereja em cima do bolo e acabar com a operação, que na verdade continuará em outros lugares, com outros alvos e nomes, mas usando o triângulo que tão bem funcionou até agora – MP, PF e Judiciário.

Há outros juízes tão dedicados e capazes quanto o Juiz Sérgio Moro.

O exemplo da Lava-Jato há de frutificar, apesar das intervenções às vezes inexplicáveis de certos Ministros do STF.

Estamos apenas no fim do princípio.

 

Clovis Puper Bandeira

Nascido em 28 Fev 45 em Pelotas - RS

General de Divisão da Reserva do Exército Brasileiro

Ex Vice-Presidente e atual Assessor Especial do Presidente do Clube Militar

Principais funções na carreira militar:

- Instrutor da AMAN e da ECEME

- Aluno do US Army War College - EUA

- Comandante do 10º BI - Juiz de Fora - MG

- 1º Subchefe do Estado-Maior do Exército - Brasília - DF

- Comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva - Porto Velho - RO

- Chefe do Estado-Maior do Comando Militar da Amazonia - Manaus - AM

- Diretor de Especialização e Extensão - Rio - RJ

- Comandante da 3ª Região Militar - Porto Alegre - RS

- Chefe do Departamento de Inteligência Estratégica do Ministério da Defesa - Brasília - DF

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.