Sex11152019

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

29 Abr 2004

A Verdade de Lula II

Escrito por 

Bem lembrado por Bornhausen, o desemprego na região metropolitana de São Paulo está em 12,8%, o qual, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), é o dobro da média mundial.

Com o intuito de continuar colaborando com o presidente Lula – quem pediu para imprensa apenas dizer a verdade sobre o governo do PT – começo com a avaliação do Institute of International Finance: “O governo Lula pode tornar-se populista em política econômica, se a popularidade do presidente da República cair de forma expressiva. Assim, a mudança na economia aconteceria com o aumento dos gastos públicos ou a concessão de subsídios a determinados setores da economia e redução do esforço fiscal do governo.” Seria a confirmação dessa previsão a criação de 2.793 cargos comissionados no Executivo, de livre nomeação dos ministros? Senadores da oposição não conseguiram fazer com que o ministro José Dirceu explicasse o motivo do “trem da alegria”. “E no final das contas, sabemos que os contratados são apadrinhados do PT”, afirmou o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). Já o presidente do PFL, senador Jorge Bornhausen (SC), disse que não há razão para o governo contratar quase três mil comissionados em época de desemprego recorde nas regiões metropolitanas.

Bem lembrado por Bornhausen, o desemprego na região metropolitana de São Paulo está em 12,8%, o qual, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), é o dobro da média mundial. O aumento na taxa foi resultado da redução de 87 mil vagas na indústria, 27 mil nos serviços e 15 mil no comércio. O rendimento médio do trabalhador ficou 3,3% menor. Os autônomos tiveram queda de 1,6% na renda. “Esses dados mostram que aumentou a desigualdade de renda. A massa de rendimento atingiu o terceiro pior nível desde 1993 e 2003”, disse Paula Montagner, pesquisadora do Seade, que completou dizendo que isso é resultado do enfraquecimento do mercado interno, prejudicado pelos altos juros e queda no consumo.
O ministro do Desenvolvimento(?), Luiz Furlan, reconheceu que o desemprego é grave nas regiões metropolitanas, mas “as ofertas de emprego estão dentro da normalidade no interior do país”. Está resolvido! É só todo mundo mudar para o interior!

João Daniel, irmão do ex-prefeito assassinado do PT, Celso Daniel, disse que Gilberto Carvalho, secretário particular de Lula, lhe teria dito, dias após o assassinato de Celso, que tinha a incumbência de levar dinheiro de propina para o PT que era entregue ao então presidente do partido, José Dirceu. Por sua vez, Dirceu disse que nos 16 meses do governo Lula não foi registrado nenhum caso de corrupção. Pudera, ninguém deixa criar CPI para investigar! Já o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, admitiu hoje que o governo ainda não conseguiu enfrentar o desemprego da forma como o país necessita. Boa essa, hein?!

Depois de a primeira-companheira Marisa Letícia, plantar flores vermelhas no formato da estrela do PT no jardim do Palácio da Alvorada e uma outra na Granja do Torto, o arquiteto Carlos Magalhães, que ajudou a construir Brasília e hoje defende seu patrimônio, disse que Lula tem de “fazer modificações sociais, e não paisagísticas”.
O ministro do Planejamento – está faltando um ministro do “fazejamento” - Guido Mantega, justificou os gastos com o novo avião de Lula chamando o atual de “sucata voadora”. Deputados da oposição reclamavam que o governo concentrou investimentos do Orçamento na aeronave que custa R$ 166,7 milhões.

Lula nomeou a secretária de Educação da Bahia, Anaci Paim, apoiada por ACM (PFL-BA) para a Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE). Em discurso aos metalúrgicos da DaimlerChrysler, Lula disse que dos 176 milhões de brasileiros, apenas 8,5 milhões pagam Imposto de Renda Pessoa Física. “São privilegiados aqueles que podem pagar I.R. porque ganham um pouco mais”. Vaiaram o ex-proletário!

Roberto Mangabeira Unger afirmou que “O PT vai levar uma surra nas eleições municipais deste ano.” Ainda disse que a eleição será a oportunidade para “o povo dar o recado ao governo que o traiu”. Sobre a China – onde se encontra José Genoino -, disse que há uma “confusão”, que “a situação chinesa é frágil, um crescimento febril com pilares podres, com o sistema bancário endividado. Quando o crescimento for freado, vai haver uma reação em cadeia, que nos afeta do lado da compra de produtos brasileiros e do impacto no estado de espírito dos mercados”. Por falar em Genoino, de lá do país comunista sem democracia e que mais assassina presos políticos no planeta, o presidente nacional do PT afirmou que é necessário reconstruir um Estado republicano, “o que não significa estatizar tudo ou ser mínimo em relação ao mercado” É, a China é um bom exemplo.
Mangabeira é apenas um professorzinho da Faculdade de Direito de Harvard, um americanóide mequetrefe que não sabe o que diz. O certo é dar confiança ao ex-guerrilheiro e ao rei das metáforas que disse que o país “saiu da UTI e hoje caminha pelos corredores do hospital”.

É, a verdade sempre foi a melhor opção, o melhor caminho. Só que às vezes dói...

Última modificação em Quarta, 30 Outubro 2013 20:32
André Plácido

André Arruda Plácido nasceu em Pirajuí (SP) e é cidadão português. Reside em Londrina (PR) onde graduou-se em Relações Públicas e Teologia. Em Bauru (SP) concluiu o curso de Jornalismo. Fez especialização em Comunicação e Liderança em Missões Mundiais pelo Haggai Institute em Cingapura. É professor de comunicação, poeta, radialista, cronista e fotógrafo.

Website.: fotologue.jp/andrearrudaplacido

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.