Seg12162019

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

10 Abr 2004

Frei Betto e a Ideologização da Fé

Escrito por 

Não, meu caro leitor. Não estou exagerando nem pegando injustamente no pé do frei. Quando escrevo estas linhas, tenho em mãos um livro que adquiri em Cuba.

Há poucos dias, o ardiloso Frei Betto, que se habituou a pregar pregos comunistas com a estopa da sua religiosidade, afirmou, num discurso proferido ao lado do presidente Lula, que o programa Fome Zero reproduzia o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes. Da beira do lago de Genezaré para a beira do Lago de Paranoá, com uma enorme diferença: quando Jesus multiplicou os pães e os peixes, a multidão quis fazê-lo rei e ele não aceitou. Lula fez o contrário, prometeu a multiplicação para se tornar rei, colocou a coroa na cabeça e só multiplicou a despensa do Palácio e a despesa com mordomias.

 

Para Frei Betto, no entanto, nada disso importava porque urgia fazer com que seu messias de Garanhuns ressuscitasse das pesquisas de opinião pública, nas quais já caiu muito mais de três vezes, tropeçando nas pernas curtas das próprias mentiras e sem que ninguém lhe encoste o dedo. Com esse objetivo, nada melhor do que a Semana Santa para flagelar o Evangelho com falsas analogias.

 

Não, meu caro leitor. Não estou exagerando nem pegando injustamente no pé do frei. Quando escrevo estas linhas, tenho em mãos um livro que adquiri em Cuba. Ele não serve para coisa alguma porque seu objetivo é convencer o leitor de que um país de igrejas vazias, onde o materialismo é a religião oficial do estado e onde atuam hoje pouco mais de 200 padres (uma terça parte do que havia em 1959), compõe o paraíso na melhor acepção evangélica. O livro se chama Iglesia y politica en Cuba revolucionaria e traz um prefácio (adivinhe de quem?) do nosso Frei Betto. No último parágrafo da apresentação, ele afirma: "Como ensina o Evangelho, onde os pães e os peixes são compartilhados - simbolizando os direitos essenciais para a vida - ali está Deus. Nesse sentido, qual o país da América e do Caribe que se pode considerar como o mais próximo do sacramento da eucaristia?"

 

Esse é o assessor especial do nosso presidente. Vamos combinar que é preciso fazer muito pouco da mensagem cristã para alinhar com a Eucaristia uma ditadura que agride de A a Z todo o vocabulário dos direitos humanos e das liberdades públicas, só porque o estado fornece ao povo uma ração miserável enquanto o Tibério caribenho e sua corte se regalam com os melhores confortos do senado romano.

 

Todos aqueles que tentaram arrastar Jesus Cristo para as questões políticas de seu tempo estavam tomados das piores intenções. E é exatamente a isso que o frei se dedica, com contracheque, e em tempo integral.

Última modificação em Quarta, 30 Outubro 2013 20:33
Percival Puggina

O Prof. Percival Puggina formou-se em arquitetura pela UFRGS em 1968 e atuou durante 17 anos como técnico e coordenador de projetos do grupo Montreal Engenharia e da Internacional de Engenharia AS. Em 1985 começou a se dedicar a atividades políticas. Preocupado com questões doutrinárias, criou e preside, desde 1996, a Fundação Tarso Dutra de Estudos Políticos e Administração Pública, órgão do PP/RS. Faz parte do diretório metropolitano do partido, de cuja executiva é 1º Vice-presidente, e é membro do diretório e da executiva estadual do PP e integra o diretório nacional.

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.