Dom09152019

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

28 Nov 2007

Deus Salve o PCC

Escrito por 

Na pesquisa do Ibope Opinião, 75% dos brasileiros “admitem ser capazes de cometer irregularidades em cargos públicos”.

“Tenho vergonha dos políticos brasileiros” diz o adesivo nos carros. Mas quem os elege? Melhor culpar o outro. Pensamento simplista e chinfrim que favorece o pilantra. Elegeu o corrupto? Ladrão? Mentiroso? Quadrilheiro? Cadeia! Mas, no máximo, o criminoso ameaça seus desavergonhados companheiros de denunciar seus delitos ou renuncia para se reeleger.

Para aprovar a CPMF na Câmara, imposto que Lula e o PT nunca se envergonharam de negar na era FHC, já foram liberados, por enquanto, R$ 514,3 milhões. Lula - que à época do mensalão via traição no PT, mas que hoje defende a legenda como a mais ética do Brasil! –, além de dar apoio a Renan Calheiros, denunciou a “morte anunciada do transporte aéreo” em 2002. Em 2007, após sete ultimatos com dia e hora marcados para o término do caos aéreo, declarou, sem vergonha, que fora pego de “surpresa” sobre o vergonhoso assunto. Mentiu em 2007 ou em 2002?

Na pesquisa do Ibope Opinião, 75% dos brasileiros “admitem ser capazes de cometer irregularidades em cargos públicos”. Mais: ligação de luz clandestina, suborno ao guarda, pirataria, sonegação e falsificação de documentos são alguns vergonhosos exemplos do dia-a-dia. Resultado: a “força do povo” reelegeu o traído e seus traidores mensaleiros Valdemar Costa Neto, Antônio Palocci, José Genoíno, João Paulo Cunha, Pedro Henry e Paulo Rocha.

Como mudar o Brasil dos 87% de jovens que aceitam a vergonha da corrupção? Entre os 50 anos ou mais, o índice baixa para 60%. Os canalhas também envelhecem. Pior: mais anos na escola, maior a tolerância com a desonra política. Os desavergonhados com nível superior são 85%; os de até a 4ª série são 62%.

Isso mostra que educação, apesar de importantíssima, não é tudo. Caráter acima de tudo! Mas esse caráter é o pregado por 30 anos pelo PT? É o do PSDB mensaleiro? É o que se acaba quando o pobre vê a chance de enriquecer desonestamente? O caráter dos partidos políticos? Sugiro outro partido: Partido do Caráter de Cristo (PCC). Cristo mostrou seu caráter ao não se envergonhar em desafiar e apontar os erros dos políticos, religiosos, falsos profetas, traidores do povo e toda a sorte de pilantras da época. Cristo é a verdade, o bem, o caráter exemplar, advertiu sobre o pecado, rechaçou a hipocrisia, combateu a desumanidade, a corrupção, assistiu aos necessitados e ensinou a vontade do Pai: retidão e amor ao próximo.

Deus salve o PCC!

“Tenho vergonha dos políticos brasileiros” diz o adesivo nos carros. Mas quem os elege? Melhor culpar o outro. Pensamento simplista e chinfrim que favorece o pilantra. Elegeu o corrupto? Ladrão? Mentiroso? Quadrilheiro? Cadeia! Mas, no máximo, o criminoso ameaça seus desavergonhados companheiros de denunciar seus delitos ou renuncia para se reeleger.

Para aprovar a CPMF na Câmara, imposto que Lula e o PT nunca se envergonharam de negar na era FHC, já foram liberados, por enquanto, R$ 514,3 milhões. Lula - que à época do mensalão via traição no PT, mas que hoje defende a legenda como a mais ética do Brasil! –, além de dar apoio a Renan Calheiros, denunciou a “morte anunciada do transporte aéreo” em 2002. Em 2007, após sete ultimatos com dia e hora marcados para o término do caos aéreo, declarou, sem vergonha, que fora pego de “surpresa” sobre o vergonhoso assunto. Mentiu em 2007 ou em 2002?

Na pesquisa do Ibope Opinião, 75% dos brasileiros “admitem ser capazes de cometer irregularidades em cargos públicos”. Mais: ligação de luz clandestina, suborno ao guarda, pirataria, sonegação e falsificação de documentos são alguns vergonhosos exemplos do dia-a-dia. Resultado: a “força do povo” reelegeu o traído e seus traidores mensaleiros Valdemar Costa Neto, Antônio Palocci, José Genoíno, João Paulo Cunha, Pedro Henry e Paulo Rocha.

Como mudar o Brasil dos 87% de jovens que aceitam a vergonha da corrupção? Entre os 50 anos ou mais, o índice baixa para 60%. Os canalhas também envelhecem. Pior: mais anos na escola, maior a tolerância com a desonra política. Os desavergonhados com nível superior são 85%; os de até a 4ª série são 62%.

Isso mostra que educação, apesar de importantíssima, não é tudo. Caráter acima de tudo! Mas esse caráter é o pregado por 30 anos pelo PT? É o do PSDB mensaleiro? É o que se acaba quando o pobre vê a chance de enriquecer desonestamente? O caráter dos partidos políticos? Sugiro outro partido: Partido do Caráter de Cristo (PCC). Cristo mostrou seu caráter ao não se envergonhar em desafiar e apontar os erros dos políticos, religiosos, falsos profetas, traidores do povo e toda a sorte de pilantras da época. Cristo é a verdade, o bem, o caráter exemplar, advertiu sobre o pecado, rechaçou a hipocrisia, combateu a desumanidade, a corrupção, assistiu aos necessitados e ensinou a vontade do Pai: retidão e amor ao próximo.

Deus salve o PCC!

André Plácido

André Arruda Plácido nasceu em Pirajuí (SP) e é cidadão português. Reside em Londrina (PR) onde graduou-se em Relações Públicas e Teologia. Em Bauru (SP) concluiu o curso de Jornalismo. Fez especialização em Comunicação e Liderança em Missões Mundiais pelo Haggai Institute em Cingapura. É professor de comunicação, poeta, radialista, cronista e fotógrafo.

Website.: fotologue.jp/andrearrudaplacido

Deixe um comentário

Informações marcadas com (*) são obrigatórias. Código HTML básico é permitido.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.