Dom07122020

Last updateDom, 01 Set 2013 9am

03 Jul 2004

Fato Novo em São Paulo

Escrito por 

A coligação do PSB com o PMDB em torno da chapa de Erundina/Temer desfez a tendência de polarização que parecia inevitável entre a candidata governista, Marta Suplicy, e José Serra, do PSDB. O eleitor paulistano foi brindado com uma opção antes inviável eleitoralmente.

Política muda como nuvens, diz o brocardo. A cada dia os fatos confirmam essa verdade. A coligação do PSB com o PMDB em torno da chapa de Erundina/Temer desfez a tendência de polarização que parecia inevitável entre a candidata governista, Marta Suplicy, e José Serra, do PSDB. O eleitor paulistano foi brindado com uma opção antes inviável eleitoralmente.

A candidatura de Luiza Erundina sem o apoio das forças do PMDB não sairia do patamar histórico do seu eleitorado fiel, em torno de 10%. Com o formidável acréscimo do tempo de TV e os recursos potenciais a serem mobilizados pelo novo parceiro, Erundina se credencia não apenas para ir ao segundo turno, mas também para fazê-lo como primeira colocada no primeiro escrutínio.

Esse gesto mostra o forte amadurecimento da candidata, que no passado recusava-se a fazer coligações desse tipo. Se Erundina aliar essa sensatez com algum aceno às bandeiras caras à maioria silenciosa, que não tem candidato, especialmente no que toca à redução da carga tributária, poderá ser surpreendida com uma votação maciça e consagradora, atropelando as forças que governam o Poder Federal e estadual. Torço para que tenha esse descortino, que seus estrategistas de campanha consigam fazer chegar ao eleitor essa mensagem.

Tive a honra de trabalhar com a prefeita em sua primeira gestão e posso dar um testemunho. Se críticas podem ser feitas ao seu governo por alguns erros, essas não podem ser estendidas à figura da prefeita. Muitos dos erros podem ser debitados ao xiitismo do seu partido de então, o PT. Sei por experiência que é uma pessoa proba, que saiu pobre do poder, que se empenhou em combater qualquer registro de má conduta de seus subordinados. Chegou a isolar o seu vice-prefeito, acusado de envolvimento com o famoso caso Lubeca. É, nesse sentido, uma exceção dentro da legião de predadores que forma a maioria da classe política brasileira.

Amadurecida pela vida e pelo exercício do poder, considero que a velha senhora é um dos melhores quadros disponíveis para governar São Paulo. Sei também que a grande comunidade nordestina deve lhe dar, ainda uma vez, a sua confiança. Com certeza ela terá o meu voto.

Última modificação em Quarta, 30 Outubro 2013 20:22
José Nivaldo Cordeiro

José Nivaldo Cordeiro é economista e mestre em Administração de Empresas na FGV-SP. Cristão, liberal e democrata, acredita que o papel do Estado deve se cingir a garantia da ordem pública. Professa a idéia de que a liberdade, a riqueza e a prosperidade devem ser conquistadas mediante esforço pessoal, afastando coletivismos e a intervenção estatal nas vidas dos cidadãos.

  • Copyright © 2007. www.rplib.com.br . Todos os direitos reservados.

    Republicação ou redistribuição do conteúdo do site RPLIB é permitido desde que citada a fonte. O site RPLIB não se responsabiliza por opiniões, informações, dados e conceitos emitidos em artigos e colunas assinados e nos textos em que é citada a fonte.